ITA ENTREGA DA SALA INFORMÁTICA EM VIANA

Assista o vídeo da cerimónia

ITA apoia a educação através do ensino informático e da inclusão digital

Luanda, 9 de Abril de 2019: O Ministério da Educação de Angola e a ITA – Internet Technologies Angola, S. A., uma das maiores empresas de tecnologia do país, juntaram-se numa iniciativa que está a resultar no apetrechamento de duas salas de informáticas em escolas, sendo uma em Luanda e uma em Benguela; um projecto que está a beneficiar mais de mil jovens estudantes do ensino médio.

A primeira escola a beneficiar-se com o projeto, que faz parte do progama de responsabilidade social da ITA, é o Instituto Médio Politécnico de Viana. Nesta iniciativa estiveram envolvidos mais de 30 profissionais de diferentes especialidades que trabalharam durante mais de dois meses para que fosse possível a aquisição e instalação de 19 estações completas de computação – ecrã, CPU e mouse, sendo 18 para alunos e um computador de maior potência, com a função de servidor, a ser utilizado pelo professor. Além disso, segundo Francisco Pinto Leite, Director-geral da ITA, foi instalado um link de internet dedicado.

“A tecnologia expande o acesso à informação, coloca os estudantes mais próximos daquilo que melhor se produz no mundo em termos de conhecimento e de ferramentas, contribui para a formação de profissionais qualificados e, conseguentemente, favorece o desenvolvimento socioeconómico do país” disse Francisco Pinto Leite.

Francisco Pinto Leite concluiu dizendo que “é igualmente importante sublinhar que este empreendimento foi possível graças ao apoio dos mais de 200 participantes e parceiros da ITA, que na 7ª edição do Torneio de Golfe Solidário ocorrida em 2018 contribuíram para que estivéssemos hoje a oferecer estas condições aos estudantes”.

Para além desta escola em Luanda, recorde-se, a ITA vai equipar uma sala de informática do Instituto Médio Industrial de Benguela, uma acção a ser realizada nas próximas semanas.

O projecto que traduz a aposta da ITA na educação através do ensino informático como factor chave para o desenvolvimento social, ganha ainda mais relevância, pois também está alinhado à estratégia de inclusão digital por parte do Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação.

Partilhar